Como salvar a todos: SUS, planos de saúde, Drauzio Varella

Aqui eu trago a voces uma triste e verdadeira realidade, que é a da saúde brasileira. Tanto dos sistemas de saúde, SUS e privados, quanto da saúde individual das pessoas.

A regra para o futuro é “comorbidade”, que não é nada mais nada menos do que o acúmulo de problemas de saúde.

Contrai HIV.
Entra em depressão.
Engorda.
Colesterol desequilibra.
Triglicerídeos aumentam.
Sedentarismo.
Rins.
Fígado.
Ossos.

Etc, etc, etc.

A mensagem é para todos os brasileiros. Porém, acho que é mais forte ainda para os soropositivos que já convivem com um problema.
Um problema muito diminuído depois de ficar indetectável e tomar o medicamento sem falta, mas ainda assim um problema.

Exercício físico e alimentação adequada. É nestes dois que precisamos nos esforçar e fazer acontecer.

Eu sei que é difícil. Este post é para mim também.
Depois de acordar com a pancada do Efavirenz o que eu mais quero é ficar em casa, me sentir vítima, e possivelmente comer besteiras.

Temos que estar atentos e vigilantes. Nos policiar para que a nossa expectativa de vida, e talvez mais importante ainda, a QUALIDADE de qualquer expectativa de vida que tenhamos.

Abraço.
Derek.