Direitos

FórumCategoria: QuestionsDireitos
Lucius perguntado 4 meses

 

 

Assim como você prefiro o anonimato, mas isso não me impede de querer lutar por direitos das pessoas que vivem com o vírus HIV. Como sou militante na área de direitos humanos, pensei em uma forma de assegurar que haja igualdade formal, material e a igualdade como reconhecimento, sendo esses os conceitos mais contemporâneos de igualdade aos quais fazemos jus, assim como outras minorias.
Além das consequências físicas que o vírus nos submete, temos os efeitos dos remédios e a estigmatização social. Nesse sentido, quero iniciar um movimento, no seu site e de provocar os ativistas de HIV para que nós possamos, lutar pelo reconhecimento de alguns direitos. Queremos sim, trabalhar e viver integrados à sociedade, mas não podemos sonhar que somos iguais às pessoas sem o HIV e isso demanda a construção de políticas públicas pela efetivação e promoção de nossa igualdade, a única medida que podemos pleitear é o tratamento equiparado às que possuem deficiência física, nossa doença é incurável, estamos sujeitos ao preconceito constante, além dos efeitos físicos e medicamentoso que estamos obrigatoriamente submetidos, temos a limitação psíquica e social. 
Apenas o direito ao sigilo de nossa condição não consegue nos promover a um status de igualdade com os demais, temos que obter uma medida mais eficaz, enquanto a tão esperada cura não vem. Não estou propondo que inventemos a roda, desde 2005 o Reino Unido editou o Equality Act, que equiparou os direitos dos portadores de HIV, Câncer e Esclerose Múltipla desde o seu diagnóstico aos direitos dos portadores de necessidade especial. Podemos verificar isso no seguinte link: https://www.gov.uk/definition-of-disability-under-equality-act-2010 
Define o HIV da seguinte forma: Progressive conditions A progressive condition is one that gets worse over time. People with progressive conditions can be classed as disabled.
However, you automatically meet the disability definition under the Equality Act 2010 from the day you’re diagnosed with HIV infection, cancer or multiple sclerosis.

Não se trata de tratar os portadores de HIV como incapazes, mas reconhecer que eles podem ser integrados e que possuem capacidade de trabalho, mas devem ser beneficiados com alguns direitos, para promover uma igualdade de fato com as pessoas que não possuem tal condição, como por exemplo o direito a aposentadoria especial, reserva de vagas em concursos públicos entre outros.

Tal medida é algo que deve ser encabeçado por todos nós, mandando e-mail para parlamentares, para os grupos de apoio e para as pessoas que se mobilizam. 
Ainda sobre essa matéria, notícia do site: http://www.aidsmap.com/The-iDisability-Discrimination-Acti-and-the-iEquality-Acti/page/1497533/

Under the legislation, all people with diagnosed HIV are considered to be ‘disabled’, although this is probably not a term that many people with HIV would otherwise identify with.
Being considered disabled gives people with HIV protection against discrimination in many aspects of employment, including the recruitment process

Aguardo sua resposta, talvez um post sobre isso seja algo interessante para gerar uma mobilização.

Share this:

Copy and paste this code into your website.

1 respostas
derek Staff respondido 4 meses

Olá, Lucius.

Eu adoraria ter esta parte mais social do HIV presente no blog. Eu acabo sempre focando na parte biomédica e individual porque é disto que eu sei falar. Mas estou aberto a aprender e abrir o blog para que você possa expor suas visões também.

Não sei como posso entrar em contato com você, mas caso veja esta resposta, mande um email pela área de contato: http://vhivo.com/contato/

Aguardo próximas interações. 😀